Gestão de Igrejas
Gestão de Igrejas

e-Social para igrejas prorrogado


Ocorreu em Brasília/DF de 16 a 19 de junho de 2019 o Seminário de Simplificação do e-Social o que já era uma demanda das empresas em geral, que conforme a Portaria nº 300, tem o intuito de reunir ideias e definir mudanças para a simplificação da plataforma.

Entre os itens que constavam da pauta, os representantes dos entes envolvidos definiram uma revisão com vistas a um enxugamento geral do layout de forma a eliminar informações redundantes, a otimização dos eventos com a exclusão de campos e a melhoria dos módulos web, tudo com foco na usabilidade e na facilidade.

Grupo 1

As empresas do Grupo 1, aquelas com faturamento superior a R$ 78.000.000,00 já completaram a maior parte do ciclo (substituição da GRF e da GRRF), concluído em fevereiro desse ano, faltando apenas enviar as informações de Segurança e Saúde do Trabalhador que teria início agora em julho de 2019.

Grupo 2

As empresas constantes do Grupo 2, aquelas com faturamento entre R$ 4.800.000,00 e R$ 78.000.000,00 também já concluíram a maior parte do ciclo (substituição da GRF e da GRRF), concluído em abril desse ano, faltando apenas enviar as informações de Segurança e Saúde do Trabalhador que teria início em janeiro de 2020.

Grupo 3

As igrejas e instituições que constam do Grupo 3, agora no mês de julho de 2019 deveriam estar concluindo o envio dos eventos não periódicos, dados dos trabalhadores e trabalhadores sem vínculo, e no mês posterior (em agosto) deveríamos começar a enviar as folhas de pagamento. Deveríamos, porque houve um adiamento, ganhamos um novo fôlego e os eventos periódicos para o nosso grupo passa a ser exigido somente a partir de janeiro de 2020.

Veja então como ficou o novo cronograma com as alterações propostas.

Evento e Grupo Nova data de Obrigatoriedade
Eventos Periódicos – Grupo 3 Janeiro de 2020  
Eventos de SST – Grupo 1   Janeiro de 2020
Eventos de SST – Grupo 2   Julho de 2020
Eventos de SST – Grupo 3   Janeiro de 2021

Todos sabemos que foi um longo caminho até aqui, o e-Social deve sofrer algumas melhorias e algumas rotinas serão simplificadas ou melhoradas, entretanto, ele não deve acabar, seria muito desperdício de recursos, portanto, vamos estudar mais, aprender sobre o e-Social e estarmos preparados para quando o prazo da nossa obrigação chegar. Da nossa parte estaremos nos preparando para ajudá-los.


Diretor e Chefe de Desenvolvimento na SN System's. Maurício também é especialista no 3º Setor, com muitos anos de experiência em administração pública e eclesiástica.

    View Comments
    There are currently no comments.